Escolha uma Página

ESCOLHA O SEU

E venha ser feliz dançando!
Explorar

FORRÓ

Diante da imprecisão do termo, é geralmente associado o nome como uma generalização de vários ritmos musicais do Nordeste, como baião, a quadrilha, o xaxado, que têm influências holandesas e o xote, que tem influência portuguesa. São tocados, tradicionalmente, por trios, compostos de um sanfoneiro, um zabumbeiro e um tocador de triângulo. Também é chamado arrasta-pé, bate-chinela, fobó.

SERTANEJO

Sua música se caracteriza por letras românticas, por um canto que lembra as histórias de amor, mas sua dança é alegre. Como acontece com todo ritmo musical, o sertanejo aos poucos incorporou novos elementos e se modificou e atualmente novos instrumentos musicais, como a guitarra, a influência do country norte-americano e a mudança do cenário do interior para os centros urbanos deram origem ao sertanejo universitário.

RITMOS LATINOS

Na aula de Ritmos Latinos os alunos entram em contato com a Bachata e a Salsa. A bachata é um ritmo musical e uma dança originário na República Dominicana. Considera-se um híbrido do bolero com influências do cha-cha-cha e o tango. A Salsa foi criada na década de 40 em Havana. Foram eles que criaram o nome Salsa. Recebeu influências do merengue da República Dominicana e do Calipso de Trinidad e Tobago. A dança é caracterizada pelo compasso quaternário

SAMBA DE GAFIEIRA

Um dos principais aspectos observados no estilo samba de gafieira é a atitude do dançarino frente a sua parceira: malandragem, proteção, exposição a situações surpresa, elegância e ritmo. Na hora da dança, o homem conduz a sua dama, e nunca o contrário. Diz-se que, antigamente, o malandro da Lapa fazia uso de um terno branco, sapatos preto e branco, ou marrom e branco e, por debaixo do paletó, camisa preto e branca ou vermelha e branca, listradas horizontalmente, além de um Chapéu Panamá ou Palheta.

ZOUK

O zouk enquanto ritmo é originário das Antilhas Francesas, mas a dança é brasileira. Hoje é praticada em todos os continentes, sendo disseminada através de profissionais do mundo inteiro . Os dançarinos deslocam-se basicamente na cabeça dos tempos musicais ou simplesmente tempo. É uma dança oriunda da lambada, porém com movimentos mais adaptados ao andamento da música. Com a chegada das vertentes, hoje, o zouk se dança de forma lenta à muito rápida, mas sempre explorando a sensualidade.

BOLERO

A característica principal, dançado de forma lenta e simples. O primeiro bolero surgiu em Cuba. Posteriormente o estilo também fez muito sucesso no México e depois por toda a América Latina. Sabe-se que o bolero influenciou o samba-canção, o mambo, o chá-chá-chá e a salsa. Na República Dominicana, surgiu, na década de 1960, uma variante do bolero chamada bachata. No Brasil, dentre os mais conhecidos intérpretes estão: Altemar Dutra, Trio Irakitan, Nana Caymmi. Entretanto o ritmo evoluiu bastante, podendo ser dançado até com MPB.

SAMBA ROCK

Samba-rock é um tipo de dança que surgiu da criatividade dos frequentadores dos bailes – em casas de família e salões da periferia de São Paulo – no final da década de 1950 e começo da década de 1960, mesclando os movimentos do rock and roll com os passos do samba de gafieira. Nasceu ao som dos primeiros DJs e, depois, das equipes de som. Na primeira metade da década de 1970, esse tipo de música foi chamado por diversos nomes: sambalanço, swing, rock samba e, finalmente, samba-rock. Atualmente o ritmo disseminou-se por todo o Brasil e América do Sul.

TANGO

O tango é uma dança a par. Tem forma musical binária e compasso de dois por quatro. A coreografia é complexa. Sua origem encontra-se na área de Rio da Prata, nas cidades de Buenos Aires e Montevidéu. Mescla o drama, a paixão, a sexualidade, a agressividade, é sempre e totalmente triste. Como dança, é “duro”, masculino, sem meneios femininos, a mulher é sempre submissa. O ritmo é sincopado o que movimenta a música e desloca a acentuação do ritmo. O tango é uma expressão musical e uma dança sensual, mas é também uma linguagem particular.

SOLTINHO

O soltinho é uma dança e não um ritmo musical. Dessa forma, não existem músicas em ritmo Soltinho, mas apenas músicas que combinam com o jeito Soltinho de dançar. É uma criação brasileira que teve fortes influências nos estilos de dançar de Carlinhos de Jesus e Jaime Aroxa. Alguns dizem que o estilo vem da ginga e improvisação brasileira com o rock e o swing americano. A ideia por trás do soltinho e facilitar a dança a dois nos ritmos antes dançados em separado, proporcionando mais oportunidades de conexão e integração, fazendo esse ritmo ideal para grandes bailes.

PROGRAMAÇÃO 2018

SEGUNDA

19:30 – Sertanejo Univ. (Iniciante)

20:30 – Samba de Gafieira (Iniciante)

21:30 – Samba Rock (Iniciante)

TERÇA

19:30 – Samba de Gafieira (Interm. II)

20:30 – Bachata (Interm. I)

21:30 – Zouk (Básico II)

QUARTA

19:30 – Forró (Iniciante)

20:30 – Zouk(Iniciante)

21:30 – Bachata (Iniciante)

QUINTA

19:30 – Samba de Gafieira (Interm. II)

20:30 – Zouk (Interm. II)

21:30 – Samba de Gafieira (Básico II)

SÁBADO

14:30 – Forró (Iniciante)

15:30 – Samba de Gafieira (Iniciante)

16:30 – Zouk (Iniciante)

 

 

 

Av. Independência, 272, Ribeirão Preto - SP

wedancerp@gmail.com